Cultura Nerd

quarta-feira, 14 de março de 2007

Processo da Viacom sobre o Google

Depois de um longo tempo de afastamento, retorno a este blog comentando a notícia da semana: a viacom vai processar o google por causa do YouTube.

Prá quem vem acompanhando a postura da Viacom há algum tempo, não houve surpresa alguma. Enquanto o google fez acordos com a maior parte das grandes empresas de mídia, ele não conseguiu sucesso com a Viacom por um motivo simples: a Viacom nunca quis acordo. A negociação aconteceu apenas para dizer à massa: "eu tentei negociar". A verdade dos fatos é que ao exigir demais e tentar um acordo muito diferente daqueles que estavam sendo feitos com as demais empresas, a Viacom inviabilizou qualquer entendimento.

Agora querem 1 bilhão ... oh, que surpresa! Eu espero que a justiça americana perceba a má fé dessas pessoas e diga a elas que a responsabilidade pela pirataria não é do google e sim dos seus usuários que não respeitam os termos de uso do portal. Se a responsabilidade for do google, vamos processar todos os provedores de e-mail de onde sejam enviados conteúdos protegidos, ou vamos processar todos os provedores de acesso à internet por deixar que eu use um programa p2p e compartilhe arquivos sob copyright. Mais fácil ainda, vamos acabar logo com esse negócio de internet pq essa parada é um meio de quebra de direitos autorais.

Acorde, Viacom. Espero que você se dê muito mal nessa.

3 Comments:

  • Essa questão não é tão simples. O YouTube disponibiliza vídeos protegidos por direitos autorais. Quando o Napster começou, ele era um sistema que permitia a troca de músicas entre usuários, não armazenava arquivos protegidos por direitos autorais. E como sabemos, nem por isso escapou da justiça e conseqüentemente da extinção daquele modelo de funcionamento.

    Na minha opinião a Viacom está no seu direito. Como detentora dos direitos autorais de milhões de vídeos do site, o Google terá que buscar um modelo de negócio que seja do seu agrado. Obviamente, a Viacom não quer deixar de ganhar dinheiro com seus vídeos vendidos via iTunes da Apple. Outros podem argumentar que ela perde por não aproveitar uma oportunidade de faturar uma fatia do gordo bolo de publicidade do Google... enfim, se você é advogado, já sabe onde procurar emprego!

    abraços a todos e parabéns ao ilustre Moz pela volta! = )

    By Blogger bonfarj, at 3/14/2007 7:18 PM  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    By Blogger Rafael, at 3/16/2007 1:12 PM  

  • Você está no lado negro da força, meu amigo. :P

    By Anonymous MOZ, at 3/16/2007 1:14 PM  

Postar um comentário

<< Home